Entrevista à autora Lurdes Loureiro

Por: Marta Almeida Lurdes Loureiro, lançou a sua segunda obra, “Mulher Combatente – Estilhaços Silenciosos da Guerra Colonial” na APOIAR. Depois do seu poema, “Os Rapazes do Meu País” dedicados aos ex-combatentes na guerra colonial, este livro reúne testemunhos de antigos combatentes e deficientes militares, sempre com destaque para as suas mulheres. Em entrevista ao Leia mais

APOIAR esclarece população de Amora

TEXTO E FOTOS: HUMBERTO SILVA A Freguesia de Amora é a quarta maior do país com quase 50.000 habitantes, Muitos estiveram  na Guerra Colonial.  Foi com essa preocupação que a APOIAR, com o apoio da Junta de Freguesia de Amora, organizou um colóquio no auditório da autarquia, onde esclareceu os presentes acerca da doença do Leia mais

Tese de Mestrado em Perturbação Secundária de Stress Traumático (STSD)

Por: Susana Martinho de Oliveira * MESTRADO EM PSICOLOGIA Área de Especialização em Stress e Bem-Estar Dissertação orientada pela Professora Doutora Alexandra Marques Pinto UNIVERSIDADE DE LISBOA – FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO RESUMO A Perturbação Secundária de Stress Traumático (STSD) tem sido descrita na literatura em cônjuges e filhos de sobreviventes Leia mais

Stress de Guerra: O que é esta doença?

Por: Susana Martinho de Oliveira * Durante o ano de 2011 a APOIAR realizou um ciclo de colóquios de divulgação da doença do stress de guerra pela cidade de Lisboa, numa iniciativa intitulada “A Ferida Encoberta”. O corpo clínico da APOIAR preparou uma série de intervenções que visaram esclarecer a comunidade acerca dos sintomas e Leia mais

Impacto da PTSD nas famílias

Por Susana Oliveira (*) A ideia de que uma reacção traumática pode ocorrer sem uma exposição directa a um trauma tem sido considerada na literatura apenas muito recentemente. A explicação que tem sido mais considerada na literatura, sobre a presença de sintomatologia de stress traumático nas esposas dos veteranos de guerra e nos seus filhos, Leia mais

Impacto da PPST na relação pais/filhos

Por Susana Oliveira (*) Nas décadas mais recentes, os estudos têm documentado uma variedade de dificuldades a nível interpessoal nos veteranos de guerra com Perturbação Pós-Stress Traumático (PTSD). Apesar dessas dificuldades serem actualmente reconhecidas como sendo característico da doença, na área da investigação não se tem dedicado grande atenção ao impacto da PTSD na família. Leia mais

O Stress de Guerra é hereditário?

Por: Susana Oliveira (Psicóloga Clínica) A questão da Perturbação Secundária de Stress Traumático é recorrente no que toca às vítimas de stress de guerra e aos seus familiares. Muitas vezes a origem desta perturbação, que afecta quem vive com a vítima de Stress de Guerra, é confundida com algo que se transmite por hereditariedade. Para Leia mais

Estreia do documentário “Quem vai à Guerra”

Estreia na próxima sexta-feira, dia 13 de Maio na Culturgest em Lisboa, o documentário de Marta Pessoa “Quem vai à Guerra”, acerca das mulheres na Guerra Colonial. Este documentário tem a participação do Grupo de Ajuda mútua das Mulheres da APOIAR SINOPSE: Passados 50 anos desde o seu início, a guerra é, ainda hoje, um Leia mais

Stress de Guerra alastra às famílias (Público)

Reportagem de 2009 do Jornal Público sobre o Stress de Guerra Secundário. Realizada através da Psicóloga Clínica na APOIAR,  Susana Oliveira, esta reportagem aborda um,a família que sofre com as sequelas do stress de guerra do ex-combatente. Reportagem sobre o impacto do stress de guerra nas famílias /Público/8 de Novembro de 2009