Violência de género

Editorial do Jornal APOIAR nº 107 Por: Humberto Silva(*) A violência de género é uma praga em Portugal. Não há outra forma de o dizer. Aquilo que muitas vezes é identificado na comunicação social como violência doméstica, é o rosto mais quotidiano de um problema profundo que tem raízes entranhadas na cultura portuguesa e que Leia mais

O conceito de Traumatização Secundária

STRESS DE GUERRA SECUNDÁRIO – O estudo desenvolvido pela psicóloga clínica na APOIAR,  Susana Oliveira, deu origem a uma tese de mestrado que se debruça sobre os efeitos do stress de guerra nas esposas e filhos destes ex-militares. Publicamos aqui um excerto do seu trabalho de forma a ajudar o público a compreender melhor este Leia mais

Eu também estive na guerra… e ainda estou

Por: Maria Amélia Machado*  “…já sou viúva e a guerra não morreu com o meu marido. A guerra ficou comigo e com o meu filho. Sou esposa de um ex-combatente com stress de guerra. Casei-me em 1973, conhecendo o meu marido apenas depois dele vir do Ultramar. Debati-me com essa realidade logo de imediato. No Leia mais

Mulheres de Guerra

São milhares as mulheres que todos os dias travam uma dura batalha contra as memórias dos maridos. São as companheiras e cuidadoras de mais de 100 mil ex-combatentes em Angola, Moçambique e Guiné-Bissau, vítimas de stress pós-traumático. São também elas mulheres de guerra. O Repórter TVI retrata as lutas diárias de inúmeras mulheres portuguesas que Leia mais

Entrevista à autora Lurdes Loureiro

Por: Marta Almeida Lurdes Loureiro, lançou a sua segunda obra, “Mulher Combatente – Estilhaços Silenciosos da Guerra Colonial” na APOIAR. Depois do seu poema, “Os Rapazes do Meu País” dedicados aos ex-combatentes na guerra colonial, este livro reúne testemunhos de antigos combatentes e deficientes militares, sempre com destaque para as suas mulheres. Em entrevista ao Leia mais

APOIAR esclarece população de Amora

TEXTO E FOTOS: HUMBERTO SILVA A Freguesia de Amora é a quarta maior do país com quase 50.000 habitantes, Muitos estiveram  na Guerra Colonial.  Foi com essa preocupação que a APOIAR, com o apoio da Junta de Freguesia de Amora, organizou um colóquio no auditório da autarquia, onde esclareceu os presentes acerca da doença do Leia mais